Mães solteiras vão receber Auxílio permanente de R$ 1.200; Saiba mais

Confira como está a situação do projeto que prevê um pagamento mensal para mães solo no Brasil! 

Nos últimos dois anos a sociedade brasileira passou a olhar com mais atenção para alguns grupos que são mais vulneráveis. A pandemia mostrou, por exemplo, que muitas mães estão criando seus filhos enquanto precisam trabalhar e cuidar da casa.

Por isso, neste período, surgiu um projeto de pagamento de um auxílio permanente para mães solteiras. Mas o que aconteceu com esse texto? O benefício vai sair? Entenda.

Mães solteiras vão receber Auxílio permanente de R$ 1.200
Mães solteiras vão receber Auxílio permanente de R$ 1.200 – Imagem: Divulgação

Auxílio permanente para mãe solteira foi aprovado?

O projeto de lei (PL) 2099/20 ainda está tramitando na Câmara dos Deputados. Esse texto foi aprovado pela Comissão dos Direitos da Mulher e agora espera o restante das tramitações.

Ou seja, o projeto do auxílio permanente para mães solteiras ainda não foi aprovado oficialmente. Isso quer dizer que ainda existem alguns passos antes do programa ser lançado oficialmente.

Veja também:

Como vai funcionar o Auxílio permanente para mães solteiras?

O atual texto – que pode passar por mudanças em outras comissões – prevê um benefício de caráter permanente para mulheres que criam filhos sozinhas.

De acordo com o projeto, as mães solo teriam a oportunidade de receber o equivalente a dois pagamentos do antigo Auxílio Emergencial. Ou seja, o valor do auxílio permanente para mães é de R$ 1.200 no texto original.

Criado pela deputada Erika Kokay, o benefício leva em conta o aumento do desemprego e as dificuldades que surgiram por conta da pandemia.

Quando vai começar o Auxílio permanente para mães?

A expectativa de especialistas que acompanham o trâmite dos projetos é que o Auxílio permanente para mães possa começar ainda em 2022.

Contudo, de forma realista, é importante lembrar que o Governo Federal está com os cofres públicos apertados.

Em outras palavras, é pouco provável que o governo tenha dinheiro para bancar um projeto como esse em 2022.

Apesar disso, outros especialistas lembram que estamos em ano eleitoral e isso pode mudar os rumos na votação de diversos projetos.

Ou seja, o auxílio permanente para mães solteiras em 2022 ainda pode ser uma realidade, mas as famílias não podem contar com isso com certeza.